Notícias

Artesãos estão cheios de encomendas e com demanda de produção para o ano todo

O mestre Serginho recebe os visitantes da Fenearte na Alameda dos Mestres com um sorriso largo. As 150 peças que ele trouxe de Garanhuns foram vendidas e ainda faltam três dias para a feira acabar. "Agora estou só recebendo encomendas. Tenho as fotos e as redes sociais para mostrar o meu trabalho e os pedidos que recebi aqui já são suficientes para o todo o ano. Já participo da Fenearte há mais de dez anos e em dezembro foi esse mesmo sucesso", celebra.



Mestre Serginho, de Garanhuns (Foto: Marcela Cunha)

Assim como ele, Mestres como Ivo Diodato, Tiago Amorim, Joaquim, Mazinho, Neném e as famílias de Ana das Carrancas e Mestre Nuca também celebram as boas vendas. Participante desde a primeira edição da Fenearte, Cajazinho (estande 95) passeia pelo estande praticamente vazio. O artesão produz jogos e desafios em madeira para crianças a partir de 4 anos. Os mais vendidos são "resta um" e o "jogo do T". Ele ainda não contabilizou quantos itens trouxe para a feira. O balanço será feito no último dia (17/07), mas vibra por ter vendido quase tudo. 


Mestre Ivo Diodato, de Tracunhaém (Foto: Marcela Cunha)

SERVIÇO 22ª FENEARTE
Data: 06 a 17 de julho de 2022
Horário de abertura: das 14h às 22h, de segunda a sexta, e das 10h às 22h, aos sábados e domingos
Ingressos: Segunda a quinta: R$10,00 (inteira) e R$5,00 (meia) e sexta, sábado e domingo: R$12,00 (inteira) e R$6,00 (meia). Entrada gratuita para crianças de colo (até 24 meses).
Todos direitos reservados © Fenearte • Termos de usoPolítica de privacidade • Produzido por DNAnet