Notícias

Expositores falam da importância do evento para o reconhecimento do seu trabalho

Quem já andou pelas ruas da Fenearte sabe que o artesanato em madeira é um marco da feira. São mais de 50 estandes com artesãos pernambucanos, de outros estados e países, com peças feitas exclusivamente com este tipo de matéria-prima, presente também em vários outros estandes espalhados pelo Pavilhão do Centro de Convenções. 


Karina Lacerda: "A Fenearte para mim virou quase que uma religião” (Foto: Jan Ribeiro)

Karina Lacerda e Fredson Adjar dividem a casa e o ofício da arte talhando madeira e, segundo o casal, um sempre está aprendendo com o outro. "Depois que eu vim pela primeira vez, nunca mais parei de vir. A Fenearte para mim virou quase que uma religião”, afirma a artesã. Fredson, em outro estande, se emociona ao falar sobre a sua paixão pelo ofício. "A gente dá a vida pela nossa arte, vivemos dela. Tudo o que fazemos é com muita intensidade e a Fenearte é isso”, atesta.  


Fredson se emociona ao falar sobre a paixão pelo que faz (Foto: Jan Ribeiro)

Já Fernando José, que expõe na Fenearte há seis anos, destaca a importância do evento para a renda dos artistas, lembrando que a feira é a maior da América Latina. Segundo ele, "vários artesãos, inclusive, só estão inseridos no mundo da arte por conta da Fenearte”. Também no ofício da madeira, Zemar Vilela comemora que "aparecem clientes de todos os lugares e todo mundo que gosta de arte está aqui todo ano”.

(Foto: Jan Ribeiro)

"Vários artesãos só estão inseridos no mundo da arte por conta da Fenearte", atesta  Fernando José

*Confira aqui o vídeo no Instagram da fenearte.

SERVIÇO 22ª FENEARTE
Data: 06 a 17 de julho de 2022
Horário de abertura: Das 10h às 22h (sábado e domingo)
Ingressos: Sábado e domingo: R$12,00 (inteira) e R$6,00 (meia). Entrada gratuita para crianças de colo (até 24 meses).


Todos direitos reservados © Fenearte • Termos de usoPolítica de privacidade • Produzido por DNAnet